Volto lá para Agosto...

segunda-feira, 26 de julho de 2010 by Luís de Aguiar Fernandes

Meninos e meninas, vou celebrar o facto de já estar de férias para ir ao fantástico festival de Paredes de Coura. Até logo!


Continue Reading
0 recortes

Parabéns a nós!

sexta-feira, 23 de julho de 2010 by Luís de Aguiar Fernandes


Faz hoje precisamente um ano que este blog começou. Sem grandes truques ou histórias, entrámos neste projecto, que nada tinha de especial. Uma ideia, congeminada numa noite de Verão, deu nisto. E ainda bem! Foram muitas as coisas boas desta nova experiência e esperamos mantê-la por muitos mais anos. Parabéns a nós, e obrigado a vós!

Continue Reading
1 recortes

Diálogos sem sentido / Declarações não sérias

segunda-feira, 19 de julho de 2010 by Sean

O cenário é a barbearia do Proença, sítio iluminado bem localizado, cadeiras vermelhas encostadas às paredes brancas e azuis.
A cidade é do interior.

Sr. Rebelo ( Homem cinquentão, proprietário da loja de antiguidades em frente ao barbeiro, onde passa os dias devido à crise do seu negócio) - " Olhá... Viu-a?"
Sr. Proença, aka Tesouras - "Vi, pois... Quem aí passou à bocado foi a sua prima!"
Sr. Rebelo - "Ah. Eu vi-a!"
Sr. Proença - "Ía com uma calcinhas a verem-se-lhe as bochechas! Quer dizer as bochechas não se viam mas ... (risos)"
Sr. Proença - "É, é... Ela agora tá bem!"

Entra em cena o Sr. Morgado! (Proprietário de um talho da mesma rua)

Sr. Morgado - " Então Proença, já afiaste a moto-serra?"
Sr. Proença - " Tá sempre afiada!"
Sr. Rebelo - "Afiada está mas trabalho não há"
Sr. Morgado - " Vou só aqui meter um bocadinho de gasóleo! (leia-se beber um copo)"

Sr. Morgado sai de cena!

Sr. Morgado regressa da bomba de gasolina!

Sr. Morgado - "Então Proença, É pra hoje ou pr´amanhã?! Ah, C#@$%& isto aqui tá tudo F#@$%&!"
Sr. Proença - "Há mais a queixarem-se"
Sr. Morgado - " Não sei se tá pior para os novos ou prós velhos. Como é que ficou aquilo ontem da PT? "
Eu - " Não ficou nada decidido e a proposta da Telefónica expirou à meia-noite!"
Sr. Morgado - "Ah!"
Sr. Proença - " Se me dessem metade do dinheiro a mim!" (risos, de gargalhadas)

Sr. Proença - "Ora prontinho! São 6.50€"

Assim se passam uns bons 15 minutos na cadeira do Barbeiro!

Continue Reading
0 recortes

Um campeão... à espanhola.

by Luís de Aguiar Fernandes



É sabido que gosto de ciclismo. Aprecio a dureza, a espectacularidade e também a integridade e lealdade dos membros do pelotão. Este ano, a grande luta pela geral é entre o muito jovem Andy Schleck, que era camisola amarela, e Alberto Contador, o actual. Exacto, era.

Isto porque hoje Contador ganhou a amarela, nos Pirinéus. O leitor já imagina uma grande subida, uma fuga fantástica de Contador, como tem feito... Mas não. A verdade é que Contador foi tudo menos fantástico. Quando Schleck tentou fugir, saltou a corrente da bicicleta, obrigando-o a perder tempo, e foi nesse preciso momento que Contador fugiu. Um acto de cobardia, que não é frequente ver entre grandes ciclistas. Agora se percebe o carácter de um atleta que no ano passado se incompatibilizou com o melhor de sempre e colega de equipa, Armstrong, e este ano já fez o mesmo com o também colega Vinokourov.

Se antes queria ver Contador a perder tempo, agora quero mais. Porque Contador, com estas atitudes, nunca vai ser um grande campeão como Armstrong ou Indurain. Será, quando muito, um campeão à espanhola.

Continue Reading
2 recortes

Uma novela portuguesa, com certeza

sábado, 10 de julho de 2010 by Luís de Aguiar Fernandes

Assim acaba a primeira parte deste jogo de telecomunicações, num armistício para negociar. Os accionistas perderam um grande negócio mas a PT não amputou o braço direito. E todos ficámos a perceber que quem decide é o Governo.

Ficou tudo às claras: o Governo dá ordens à Caixa Geral de Depósitos e não aceita que se façam negócios sem ser ouvido e sem anuir ou mesmo encorajar. Estivemos anos a ouvir o contrário. Que não, que as empresas decidem autonomamente; que falar de intervenção estatal era insulto; que a Caixa competia no mercado com os outros.


Quem é que hoje acredita que a TVI esteve para ser comprada pela PT sem o conhecimento, aprovação e até motivação do Governo? Quem pode hoje sonhar que na OPA da Sonae o Governo foi mesmo neutro? Quem pode crer que o financiamento galopante e suicida que a Caixa fez àqueles que se consumiram no BCP (Berardo, Fino e outros) não teve o pulso ou o impulso do PS? E que a não execução destes capitalistas falidos foi isenta? Quem põe as mãos no fogo pela nomeação de dezenas de "boys", tachos e incompetentes infiltrados nestas empresas? Quem acredita nos negócios na Taguspark, no pequeno-almoço de Figo, nos amores à primeira vista com a JP Sá Couto, nas adjudicações sem concurso, na convocatória da EDP para a Qimonda Solar, na coincidência do ex-assessor do secretário de Estado das Scut que passa a vender chips ao Estado? Quem se fia em todos os investimentos e créditos perdulários da Caixa em antros de pirataria como a La Seda? Nos dinheiros de fundos públicos para a Aerosoles, nos patrocínios compulsivos de "empresas estratégicas" no Red Bull Air Race, que acaba de nos mandar passear? Quem ainda acredita que a Caixa não está a reforçar-se como testa--de-ferro da "golden share" da PT, nas nomeações na Cimpor, como antes no BCP, nas entradas accionistas na Galp, Quem?

Continue Reading
0 recortes

The truth is not what you know. It's what you believe.

sexta-feira, 9 de julho de 2010 by Luís de Aguiar Fernandes



Este filme, Ondine, dá que pensar. O que é a realidade, e quando se passa para o campo da fantasia... E os Sigur Ros são a metáfora perfeita. Vejam.

Continue Reading
0 recortes

A Alemanha vai ganhar o Mundial, mas eu torço pela Holanda

domingo, 4 de julho de 2010 by Luís de Aguiar Fernandes


Há dois anos, no Europeu, ele jogou como extremo contra Portugal, à frente de Rolfes, Ballack e Hitzlsperger. Decidiu.

Hoje, jogou como falso médio-defensivo(!). Voltou a decidir.

Quando as pessoas elogiam esta Alemanha, destacam sempre Muller, Ozil ou Podolski. Esquecem-se do motor da equipa. Sim, é aquele do nome esquisito e que marca sempre a Portugal.

Continue Reading
1 recortes

Hora de agradecer

sexta-feira, 2 de julho de 2010 by Luís de Aguiar Fernandes

Eles estão ali do lado direito desde o início deste blog, e hoje fomos nós parar à barra da direita deles. Obrigado Estado Sentido, um dos nossos preferidos.

Continue Reading
0 recortes