Muse: o concerto

segunda-feira, 30 de novembro de 2009 by Luís de Aguiar Fernandes


Hoje fui ver Muse. A tão proclamada melhor banda do Mundo ao vivo, Muse.
Ora, a verdade é que eu nem gosto muito deles. Têm umas músicas engraçaditas... Mas ofereceram-me o bilhete, e eu não disse que não. Curioso, mas não muito ansioso, lá fui a um Pavilhão Atlântico esgotadíssimo.

A abrir, Biffy Clyro (já os conhecia de Paredes de Coura em 2008)em grande forma.

De seguida, o maior espectáculo de luzes e imagens que já vi. Brilhante.
De facto, os Muse apareceram num cenário fantástico e explosivo, e com muitas luzes à mistura o espéctaculo começou em grande. E não foi só fogo de vista: estes gajos são mesmo bons! Um baterista e um baixista muito competentes, um teclista escondido a dar o mote, e um vocalista/guitarrista com uma voz esquisita e que sabe usar uma guitarra eléctrica. As músicas mais fracas ficaram melhores, mas as melhores não conseguiram atingir o auge. Uma excepção: Time is running out tornou-se ainda melhor ao vivo.

Posto tudo, apenas referir que faltou apenas fogo de artifício no fim (fumos não têm o mesmo efeito) e a Invincible. Melhor banda do Mundo ao vivo? Não me parece. Mas ainda assim muito muito bons!

Continue Reading
1 recortes

Sem sal

domingo, 29 de novembro de 2009 by Luís de Aguiar Fernandes



Derby sem sal. Adeptos do Sporting mereciam mais.

P.s.: De referir a insistência de JJ em falar do Sporting... Só mostra o que realmente é. Para perceberem vejam este vídeo, onde Carlos Carvalhal também entra:

Continue Reading
0 recortes

O Casamento das minorias... Deficientes

terça-feira, 24 de novembro de 2009 by Sean

A vida é feita de tendências e se este blog foi criado (também) pela tendência social de ser blogger, é preciso manter-se a coerência e falar de temas que estejam na moda. É por isso que me apraz falar em Casamento. Em especial sobre Casamento das minorias. Absolutas ou não. Desenganem-se os que pensam que vou falar do casamento homossexual. Esse, segundo sei tem muitos defensores, vou falar do casamento de outras minorias. A minoria de pessoas com anomalia psíquica. A minoria dos deficientes.
Passo a explicar, a Lei Portuguesa diz-nos, no artigo 1601º b) do Código Civil que "a demência notória, mesmo durante intervalos lúcidos, e a interdição ou inabilitação por anomalia psíquica, são impedimentos dirimentes absolutos, obstando ao casamento da pessoa a quem respeitam" quer isto dizer que o casamento celebrado entre pessoas desta “condição” é anulável nos termos definidos no mesmo código.
Diz-nos ainda alguma doutrina:" Pretende-se evitar que as taras do demente se transmitam para os filhos e defender sob este aspecto a própria sociedade (razões de ordem eugénica); por outro lado (razão de ordem social), quer a lei evitar que se constituam famílias que não sejam, no corpo social, células sãs e úteis, como decerto não o seriam as famílias em que algum dos cônjuges fosse portador de anomalia psíquica".
Feito o enquadramento geral pode dizer-se que aqui está em causa o princípio da igualdade, consagrado constitucionalmente. Mas esperem 2007 não foi o Ano Europeu da Igualdade de Oportunidades para Todos? Sim, foi… Não tinha como objectivo balizar as leis desiguais? Sim, tinha… Esqueceram-se desta.
Agora vejam-se as seguintes situações:
1 – Alemanha 1939 – 1945
Regime Nacional-Socialista – Hitler e o seu Staff (chamemos-lhe assim porque é mais chique e dá um ar mais humano às pessoas e menos bárbaras aos actos) tiram os recém-nascidos deficientes às mães e utilizam-nos em experiências médicas, com que objectivo? Aperfeiçoamento da raça (Eugenia), pois seriam células mortas no Reich (razões sociais).
2 – Portugal 2009
Regime democrático, União Europeia – Sucessivos Governos deixam passar estas normas, não levantando qualquer entrave, o Tribunal Constitucional é cego como a Justiça. Como se disse em cima com que razões? Eugénicas e Sociais. Os defensores da Igualdade e da tutela das minorias ainda não viram esta norma.
Bom, mas podem ser só coincidências ou teorias da conspiração.
E porque também aqui se falou de coerência veja-se a incoerência do ordenamento jurídico português: o legislador diz que o objectivo do casamento não é a procriação (este argumento até tem sido invocado para a defesa do casamento homossexual) no entanto não permite que dois deficientes se casem pois têm maior probabilidade de transmitir as taras aos filhos, mais, permite ainda que se anulem casamentos com fundamento no erro do nubente que se funde em impotência ou na esterilidade. Poupem-me.
O próximo passo é arranjar pareceres de grandes doutores de Direito a sustentar a mudança, outros tantos a pedir referendos, outros a escrever sobre isto e por último um programa de TV dedicado a isto.

Continue Reading
0 recortes

Sobre a adopção homossexual

domingo, 22 de novembro de 2009 by Luís de Aguiar Fernandes

Sou contra o casamento homossexual. Não por ser contra as relações homossexuais em si mesmas, mas por causa de efeitos que decorrem do casamento. Sobretudo a adopção.

Depois, há o lado oposto. Aqueles que defendem o casamento homossexual com todas as suas decorrências, inclusivamente a questão da adopção. Respeito, mas refuto.

Finalmente há aquele meio-termo que pesssoalmente acho mais engraçado: aqueles que defendem o casamento homossexual com o argumento da igualdade, mas que não concordam com a adopção por esses casais e esquecem-se da igualdade.

É contra estes segundos que eu me bato, tentando mostrar-lhes as falhas do seu pensamento. E sempre disse: hoje é o casamento, daqui a 3 ou 4 anos querem a adopção.

Hoje, os socialistas franceses vieram dar-me razão. Obrigado!

Continue Reading
0 recortes

Custou...

quinta-feira, 19 de novembro de 2009 by Luís de Aguiar Fernandes


Devagar, devagarinho, e à boa moda portuguesa, fomos dos últimos a chegar. Mas já la estamos!

Ps.: O senhor com a cabeça em forma de continente é o Edinho? É que se for, é a primeira vez que o vejo a olhar para uma bola.

Ps.2: Há menos de um ano atrás, numa aula de Economia Internacional do 2º ano na FDL, uma amiga disse que a África do Sul era na América. Vamos lá ver se o chefe Madaíl não se engana também no caminho...

Continue Reading
0 recortes

Só se fosse mesmo assim...

segunda-feira, 16 de novembro de 2009 by Luís de Aguiar Fernandes

Razões de peso para votar PS.

No blog de outro almeidense, descobri essa pérola. Mas nem isso me faria votar PS...

Continue Reading
0 recortes

O valor da felicidade

domingo, 15 de novembro de 2009 by Luís de Aguiar Fernandes

Eu sou um gajo feliz.
Quão feliz? Muito.
Mas podia ser mais? Podia.
E faço tudo para ser mais? Sempre.

Continue Reading
0 recortes

Já sabemos quem não é...

sábado, 14 de novembro de 2009 by Luís de Aguiar Fernandes


Sá Pinto no futebol do Sporting. Já sabemos que não é o treinador...

Continue Reading
0 recortes

Há coisas fantásticas não há?

quinta-feira, 12 de novembro de 2009 by Sean

Depois de ler esta notícia sinto que a vida de muitos homens e de muitas mulheres vão mudar. Pelo menos a deste coelho cobaia e da sua fêmea ocasional já mudaram.

O título é : Enlarge your penis deixou de ser spam.

Carreguem no link se estiverem curiosos.

http://www.ionline.pt/conteudo/32403-enlarge-your-penis-deixou-ser--spam

Continue Reading
0 recortes

Pergunta.

domingo, 8 de novembro de 2009 by Sean

É impressão minha ou o fantasma Paulo Bento continua no Sporting? Ou então foram os terroristas que fizeram das deles.
A saída não foi solução. Vamos ver se a entrada de um novo treinador é.

Continue Reading
0 recortes

A culpa e o pedido.

segunda-feira, 2 de novembro de 2009 by Sean

A culpa na sua definição é a assunção de responsabilidade por um acto que cause dano, ou que seja por si repreensível e neste sentido Paulo Bento, Jogadores, Barbosa, SAD, Árbitros e todos aqueles a quem a carapuça assentar são culpados e é disso que quero falar hoje.
O acto será a omissão (não acção), a passividade, a tranquilidade. Se a estrutura do Sporting acha que a época que a minha equipa está a fazer na liga Portuguesa é normal, é digna de um clube como o que se afirmou no momento da criação como “Um dos maiores clubes na Europa” algo está mal (e está efectivamente), o dano esse, não será O dano mas OS danos, o campeonato, os adeptos, a marca Sporting, os cofres do clube.
É preciso exigir-se mais de um Presidente eleito com a maior maioria numa noite eleitoral Sportinguista. Tem de se exigir mais de um treinador que passado 4 épocas não ganha campeonatos, trazendo para Alvalade apenas 2 Taças de Portugal e 2 Supertaças, arrecadando pelo meio (sem nada se dizer) um 12-1 na Champions League. Deve exigir-se mais de uma SAD e de directores desportivos que transformam o Sporting num clube de dispensados, num clube que dispensa jogadores que afinal servem (relativamente melhor que alguns que ficam) para outros clubes grandes; num clube que contrata jogadores que afinal não servem para outros clubes grandes mas servem para o Sporting. É preciso imprimir vontade aos jogadores, é preciso quiçá tê-la, certo é que fomos prejudicados num penalti, que tivemos oportunidades, que as desperdiçámos, blá, blá, blá, mas a eficácia?, essa, a mesma.
E agora um pedido, pequeno, feito por um peão na sua pequena empresa JEB, deixe de falar em défice, em contas, em dinheiro. É que ou você esclarece a sua função ou então poderá ter problemas com a justiça portuguesa. Ora veja, se é Presidente, poderá estar a incitar à violência mantendo o Paulo Bento e continuando com a postura de que nada de passa; se é gestor, com a impossibilidade da obtenção de receitas da liga milionária, com o passivo que o clube tem, com as fracas receitas de bilheteira (pelas más exibições de futebol) não vejo qual será a fonte de receita do clube esta época e nesse caso estamos perante um caso de gestão danosa.
Mas digo-lhe mais, o capital do Sporting não são só os dinheiros, o capital do Sporting, são os adeptos, os sócios, a massa humana. É essa que o sustenta, deixe o lucro, os saldos, o orçamento para as empresas (aquelas que o são verdadeiramente), certo é que a base financeira de um clube grande assenta numa SAD, não nego que nela haja “terroristas”, não conheço a estrutura por dentro, também não lhe peço uma simples Associação desportiva, cultural e recreativa do Campo Grande. O que eu quero é o meu Sporting de volta, aquele que o meu pai me mostrou, aquele que se destacava no palco nacional e no internacional também, aquele por quem todos, inclusive o Presidente faremos tudo o que pudermos para ver na frente.

Gosto de Paulo Bento. Mas gosto mais do Sporting por isso faça-se algo. Viva o Sporting.
PS – Deus permita que o Sporting me cale com vitórias mas por agora é isto que sinto.

Continue Reading
0 recortes

Expressões II

domingo, 1 de novembro de 2009 by Sean





Fig. 4 - Quem acha que este é um gesto para JJ ponha o dedo no ar. Eu não sou de intrigas mas...







Fig. 5 - Esta é a típica situação do "Se o FM soubesse o que sabe hoje..."






Fig. 6 - O que terá dito PB a JEB? Eu aposto que foram as perspectivas para o crescimento da economia nacional para o segundo semestre de 2009. Mas Sr. Presidente (ou devo dizer Administrador/Gestor?) eu confio em si. Você há-de conseguir manter as contas em ordem. As financeiras porque as dos pontos no campeonato...

Continue Reading
0 recortes

Expressões.

by Sean








Fig. 1 - "Um vintém é um vintém, um cretino é um cretino. Há coisas que não mudam mesmo que as pintemos de amarelo, verde, vermelho, azul..."



Fig. 2 - Profecia à muito aguardada, ainda como treinador do braga JJ já sabia o que ía acontecer com o benfica. Sem público e com equipas a sério deixa muito a desejar... Sem Cardozo... Ui... Ninguém marca...









Fig. 3 - Fazendo uma interpretação actualista, isto quer dizer que PB está a roubar clientela àquela empresa de JEB ali para os lados do Campo Grande.






Continue Reading
0 recortes

Um Rio de honestidade?

by Luís de Aguiar Fernandes


Hoje tenho de destacar esta notícia.

Um Presidente de Câmara a denunciar fraudes é, de facto, algo a que não estamos habituados. O hábito é ver autarcas a serem acusados. Daí a minha admiração quando li a referida notícia.

No entanto, a admiração não foi assim tão grande, pois este é um dos políticos de créditos firmados de que mais gosto. E este sim, podia mostrar o caminho ao PSD. Não quer, como se vê na imagem, é pena. Não o censuro. Espero apenas que possa reconsiderar, quanto mais cedo melhor.

ps.: Numa pequena pesquisa, descobri que tem créditos mais firmados do que pensava. Veja-se: "Foi condecorado pelo Presidente da República Portuguesa, Aníbal Cavaco Silva, com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique. Foi ainda agraciado com a Grã-Cruz das Ordens do Mérito da Hungria e do Reino da Noruega, com a Grã-Cruz com placa da Ordem da Honra da República da Áustria e com a Grã-Cruz de Primeira Classe da Ordem da Estrela Branca da República da Estónia." Aqui.

Continue Reading
0 recortes